terça-feira, 22 de abril de 2008

Balanços e prognósticos

Uma das coisas de que mais me orgulho é a minha memória de elefante para certas coisas, sobretudo datas, falas e devaneios pessoais. E um dia desses achei ali, no cantinho da minha memória, em um papel amassadinho e amarelado, uma listinha de pensamentos de exatos dez anos atrás, dia 22 de abril de 1998.

Na ocasião, estava completando dez anos de idade e vislumbrava como seria a minha vida dali a dez anos. E hoje, nesta data em que completo 20 anos, fiz um balanço do que foi cumprido ou não daquele pequeno rol de “o que fazer nos próximos 3.652 dias (não necessariamente nesta ordem)”.

– conhecer o estádio do Palmeiras (OK);
– dar o primeiro beijo (OK);
– emagrecer (OK);

– terminar o colégio (OK);
– ter barba (OK);

– conhecer a praia (OK);
– entrar em uma faculdade (OK);
– começar a trabalhar (OK);
– morar sozinho (X);

– aprender a dirigir (OK);
– comprar o primeiro carro com o próprio salário (X);
– trabalhar de terno e gravata (X);
– me apaixonar de verdade (OK);
– ter uma namorada (OK);
– estar namorando (X);
– perder a virgindade (OK);
– passar uma noite inteira ao lado de uma garota (OK);
– ter amizades para a vida toda (OK);
– ser jogador de futebol (X);
– passar uma noite inteira acordado (OK);
– aprender a jogar tênis (X);
– conversar em inglês com um estrangeiro (OK);
– fazer alguém se apaixonar por mim apenas pelos meus pensamentos toscos (OK);
– ter usado um tênis da Nike (OK);
– perder a timidez (+/-);


Basicamente era isso. E me orgulha ver mais “Oks” do que “X” nessa listinha. Bacana mesmo, ainda que alguns destes itens tenham sido conquistados apenas aos 45 do segundo tempo.

Sem falar que muitas, muitas coisas além disso aconteceram nesse meio tempo: ganhei um cachorro, andei de avião, aprendi a tocar violão e guitarra, aprendi holandês, fui a vários shows sensacionais, fiz um ou outro show sensacional, virei sócio de um clube, tomei gosto pela escrita, comecei a fazer jornalismo, entrevistei pessoas importantíssimas, passei a escrever com freqüência, criei um blog... eh, eu vivi dez anos bem legais.

E agora com 20 anos, não resta outra coisa que não montar uma listinha intitulada “o que fazer nos próximos 3.652 dias”, versão 2.0. E, se tudo der certo, talvez eu até me lembro de checá-la quando chegar aos 30.

– morar sozinho;
– encontrar a mulher da minha vida;
– namorar sério;
– noivar;
– pegar o diploma acadêmico;
– ter um emprego efetivo;
– dar início ao projeto “segunda profissão”;
– escrever um livro;
– conhecer o sul do país;
– viajar para outros países, da América do Sul ou da Europa;
- ficar com uma estrangeira;
– ir a um show do Shout out Louds;
– reencontrar a antiga paixão argentina de infância e mulher mais linda já vista;
– conhecer Suécia, Holanda, França, Itália e Inglaterra;
– entrevistar pessoas ainda mais importantes;
– disputar um torneio de tênis interno do clube;
– cobrir uma Copa do Mundo;
– assistir in loco a partidas de Roland Garros e Wimbledon

Esperemos agora até 22 de abril de 2018...

5 comentários:

Alemão disse...

A 10 anos atrás eu queria ser, no mínimo, jogador de futebol ou astronauta...

E vai ter memória pra isso aí lá na casa do chapéu!

Margareth disse...

Filho...Feliz Aniversário...na sua listinha faltou vc acrescentar:"Ser o melhor amigo da minha mãe".Amo vc ... Me orgulho de vc sp...Ah...em relação ao acréscimo...coloque OK.

Fábio disse...

Cacete! Você tinha DEZ ANOS em 1998???

Deus do céu. Tô velho, amigo.

;)

Lui disse...

1. Achei curioso que você colocou o item "noivar", que é tipo a coisa mais antiquada do mundo, mas não colocou "casar", que está se tornando uma das coisas mais antiquadas do mundo. Basicamente você pretende enrolar a mulher da sua vida, né?

2. A Argentina é mesmo maravilhosa :-)

3. Fui assistir aula da Yung à noite e te procurei no intervalo pra falar parabéns ao vivo...como você não estava vai por aqui mesmo: tudo de bom para Felipildo Held.

4. Sua mãe é muito fofa, hahahahaha...

5. VIVA A PONTE PRETA!!!!!!!!

Ivan Torraca disse...

Hahahaha, muito bom essa idéia de listas de "tarefas"/projetos para serem realizados.
Você é muito bom pra descrever as cenas. rs...

Ah, só faltou um item:
Conquistar 24 territórios a sua escolha ou Asia, América do Sul e Oceania.
abraço