quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Entenda as piadas sem sentido do Chaves: Pede Mais Um, Perry Mason e o cachorro bobo

Aos que entram aqui com certa frequência e não encontram novas atualizações sobre esta série de elucidações sobre piadas mal traduzidas do Chaves e só encontram textos dramáticos e sentimentalóides, minhas desculpas. Reconheço que deveria ser mais atencioso com as traduções, mas... é a triste realidade: a vida adulta me decepciona e, além disso, me impede de ver televisão e ter novas ideias.

Mas aproveitemos que estamos aqui e dar andamento, ainda que fugaz e bem rápido, à série - que ainda sobrevive (e prometo um dia encontrar resposta para todas as perguntas que são deixadas nos comentários. Juro que leio, juro que penso em ir atrás ao final do expediente. E juro que esqueço, mas não por maldade).

Sabem quando o Chaves atropela o animal do Quico e o Professor Jirafales sugere que o menino do 8 seja julgado pela morte do pobre e indefeso gatinho? Pois então. Ali temos um episódio que, pelo menos para o Seu Madruga, lembra muito aquele famoso detetive da TV, o Pede Mais Um.

Pede Mais Um? Tá aí um bom nome pra algum programa do Silvio Santos. Ou então para um novo show do tipo gincana como o SuperMarket (lembram disso?).

Na real, o Professor Jirafales trata de corrigir a besteira do Seu Madruga (afinal, quem nunca se confundiu e escutou alhos em vez de bugalhos?) e explica que o tal investigador não é o Pede Mais Um, mas o Perry Mason. Sim, Perry Mason. E ele existiu de verdade – ok, de verdade no mundo da ficção.

Perry Mason foi um personagem central das novelas policiais do Erle Stanley Gardner. Chegaram até a fazer uma série de TV, chamada... tcharam, Perry Mason! E, dizem, bombou na década de 1980 (eu não estava lá pra confirmar). Seu Madruga, pelo visto, assistia. E o Ozzy Osbourne também – não é coincidência que ele tenha uma música chamada Perry Mason (Calling Peeeeeeeeeeeerryyyyyyy Maaaaaasooon aaagaaaaaiiin)!

Acontece que, na versão original, o Seu Madruga não via o Perry Mason. Ao que parece, ele via algo muito mais divertido que o Pede Mais Um. E que... também tem uma sonoridade ainda mais parecida com o nome do tal detetive. Olhem só, no instante 20:00:


Viram? Não era o Perry Mason, mas o Perro Menso. E o que isso quer dizer? Perro = cachorro; menso = gíria bastante comum no México pra dizer... bobo! Sim, cachorro bobo! Na versão original, não havia o Pede Mais Um (afinal, não teria semelhança alguma... seria algo como pide uno más).

Falando em cachorro bobo, não consigo pensar em outra coisa senão naquele desenho idiota da Hanna-Barbera, Os Dois Cachorros Bobos.



Ah, como eram bons os desenhos!

2 comentários:

anonimo disse...

o video,desmente a sua tese,ele falava mesmo sobre perry mason

Anônimo disse...

não sabe ler? o que o texto fala é que ao invés de pede mais um, ele confunde Perry Mason com perro menso.. Tudo bem que tá meio confuso mesmo, mas dá pra entender