segunda-feira, 13 de junho de 2011

Entenda as piadas sem sentido do Chaves: qual a semelhança entre um tinteiro e a canção da ausência?

Ora, mas essa é muito fácil! É que a canção da ausência só pode ser cantada uma vez porque na segunda ela está ausente!


(Veja a partir dos 7:00)

Hummm... não, não é isso. O próprio Nhonho diz ao Chaves imediatamente que a semelhança entre um tinteiro e a canção da ausência não é esta (talvez esta pudesse ser uma diferença, não?). Mas, então, qual seria? Que o tinteiro tem tinta, muita tinta, e que a canção da ausência... tinta tinta tinta tinta?

Pois acredite: é quase isso! Desta vez não entendemos a piada por uma tradução incoerente do espanhol para o português, senão... porque ninguém aqui no Brasil é obrigado a conhecer o folclore chileno, não é mesmo?

Mas só vamos entender o real significado desta piada se assistirmos cuidadosamente ao trecho em questão da versão original do Chaves. Está no vídeo abaixo, depois dos 6:50.



Notaram como o Nhonho cantarola a canção da ausência, com ritmo e tudo? E depois, quando o Chaves tenta fazer a piada com a Chiquinha, como ele assobia o ritmo? Pois aí matamos!

Em questão de minutos nossa vida fará muito sentido, especialmente depois de assistirmos a este vídeo. É, nada mais nada menos, que a Canción de Ausencia, do grupo de folclore chileno (um estilo musical) Los de Ramón, que fez grande sucesso pela América Latina – inclusive no México, pátria do Chaves.



Ah, mas... você não entendeu ainda o que a tinta tem a ver com isso? Nada! Em vez de cantarolar com “lararilaralá, lalalá, do-ré-mi-fa-sol”, o Nhonho usa “tinta tinta” como intervalos harmônicos para cantarolar a canção da ausência. E o que tem de errado? Na Argentina, por exemplo, o ritmo cuarteto, bastante difundido na província de Córdoba, é cantarolado com o tunga-tunga. E aqui? As baladas não tocam música puts-puts?

10 comentários:

Anônimo disse...

Intervalos harmônicos?
Não creio que essa definição esteja muito correta.

Anônimo disse...

Vlw o esforço para tentar explicar.. mas vc não conseguiu... continuo sem entender ¬¬'

Anônimo disse...

Concordo com o primeiro anônimo, você se esforçou, mas a piada segue sem sentido. Tanto em Espanhol quanto em Português, são iguais.

Anônimo disse...

AMIGO QUANDO VOCÊ VOLTA A POSTAR??????????????????????? AGUARDO

Ivana disse...

eU TBM CONTINUO SEM ENTENDER

adla disse...

Entendi, não é das melhores piadas mas tudo bem rsrs
Parabéns pela explicação.

Anônimo disse...

yo no lo conosco senor!

Anônimo disse...

Eu amo muito os desenhos de chaves mais as piadas dele São muito sem graça faz piadas melhores chaves que tenha graça e não que seja sem graça

Anônimo disse...

Pra quem ainda não entendeu: Ñoño está cantarolando a música e não cantando, mas em vez de laralá ele canatarola tinta-tinta-tinta. Lendo alguns comentários na rede, parece que mesmo nossos irmão latinos consideram a piada meio fraca.

Tirso disse...

Na verdade, ele cantarola a mexicana "canción del ausente" (El Ausente): https://www.youtube.com/watch?v=Ptes68cQXhk.
Não faz sentido uma música chilena com tão poucas visualizações ter feito sucesso no México.